Visitantes

Nós temos 2 visitantes online
Ramesh S. Balsekar

O indivíduo se torna uma pessoa diferente quando o organismo alcançou a unidade do corpo e da mente. Um certo processo de desidentificação inicia-se. O indivíduo começa a questionar sua identidade: ele tem um corpo, portanto, ele não pode ser o corpo; ele tem pensamentos, então ele deve ser diferente dos desejos; pensamentos, a mente; ele tem desejos, então ele deve ser outra coisa diferente dos desejos; ele tem emoções, e portanto ele não é as emoções. A resposta frequentemente acontece, chega sem máscara por vezes: Eu sou o que permanece – um puro centro de consciência, uma testemunha desinteressada de todos os pensamentos, sentimentos, desejos, emoções. Mas até que o indivíduo alcance este estágio de pelo menos o início da desidentificação, o indivíduo identificado deve necessariamente pensar e trabalhar em termos de motivação e responsabilidade pessoal por “suas” ações.

Advaita Fellowship  Junho 2016 - www.advaita.org

Outras pérolas...


Banner